Tuesday, June 5, 2007

Dejá Vu...destino ou coincidências?

Certamente já aconteceu a todos e, por diversas vezes, esta estranhíssima sensação de "já ter visto este filme em qualquer lado". De facto, é uma das sensações mais estranhas e mais misteriosas que se pode ter. A mim, pessoalmente dá-me a sensação que o nosso subconsciente foi capaz de prever breves segundos de uma situação que iria acontecer no futuro. E isso é estranhíssimo.
De qualquer forma, como isso me aconteceu há poucos dias, fiquei a matutar neste assunto até que decidi vir à net e ver o que é que se diz sobre este fenómeno. E encontrei algumas coisas curiosas...
Para começar, passei a saber que este fenómeno também se pode chamar de paramnésia (confesso a minha ignorância em relação a isto). Depois estive a ver quais as explicações não científicas: premonições, profecias, visões, percepções extra-sensoriais mas, acima de tudo...sonhos! No entanto, nada daquilo que estive a ler bate certo com as ideias que tinha sobre este tema.
Para mim, o Dejá Vu é de facto, uma "repetição" de um acontecimento que já tinha sido captado pelo nosso cérebro. Mas como? Para mim, existe uma explicação (discutível, é certo, mas tão válida como outra qualquer...). Para mim, o caminho das nossas vidas está traçado desde o início, apesar de sermos nós a fazer as escolhas que poderão e irão determinar qual o caminho que a nossa vida vai seguir. No entanto, até essas escolhas já estão traçadas, portanto, o "filme" estará feito. Os "actores" estarão escolhidos e as cenas "ensaiadas". Só assim consigo explicar que um simples acontecimento captado pela nossa memória seja realmente vivido por nós ao fim de um determinado período de tempo (seja um dia, uma semana, um mês ou mesmo um ou vários anos depois).
Agora as dúvidas...
É uma cópia exacta da imagem que ficou gravada no nosso cérebro...não será real demais para ser uma simples coincidência? A mim, pelo menos, aconteceu-me já por variadas vezes para ser uma mera coincidência. Tenho a sensação estranha de que o nosso subconsciente consegue prever pequenas fatias de um futuro relativamente próximo...ou não! Até pode ser um futuro longíquo, até já pode estar gravado dentro das nossas memórias há muito tempo, mas a nós irá sempre parecer que foi "há pouco"...
Reencarnação?? Não acredito, mas...

O que sei, é que estaria aqui a noite toda a escrever sobre simples possibilidades que expliquem uma realidade muito complexa

O que eu sei é que será sempre, para mim, um dos grandes mistérios do nosso cérebro...

O que eu sei é que é um dos grandes mistérios deste mundo em que vivemos...





6 comments:

Patrícia said...

é uma maneira de ver as coisas.... ter o destino traçado. eu sou mais pelos sonhos. tanto que qdo tenho um deja vu a 1a coisa q digo é, "eu já sonhei com isto". se o sonhamos e depois agimos de modo a que as coisas acontecam isso já não o sei. mas que estão lá à frente à nossa espera isso estão!

Ele há horas assim... said...

Patricia, antes de mais, bem vinda e obrigado pela visita. Espero que não seja a última.
Em relação ao post, eu também digo que já sonhei com um determinado momento. Mas o que eu acho é que esse momento está é na nossa memória. Daí dizermos com naturalidade que já sonhámos com isto e com aquilo...
De outra forma, como se poderia explicar a familiaridade da situação, não é?
Mas e se tivermos mesmo a capacidade de "antecipar" determinados momentos, mesmo que seja no nosso subconsciente...?

Mais uma vez, obrigado pela visita. Volta sempre.
Beijinhos

Luciana said...

Realmente é algo muito estranho, mas eu sempre acreditei numa explicação que um professor no 12º ano me deu. Comentei com ele que tinha muitas vezes esses Dejá Vu e ele disse-me que a sensação de Dejá Vu não é mais do que uma paragem que o nosso cérebro tem de segundos ou milésimos de segundo e então sentimos que já vivemos aquilo. Mas com o tempo fui pensando nisto e sinceramente não concordo tanto mas também não cheguei a nenhuma conclusão que me elucidasse por completo... :p

Pedro Almeida said...

Concordo com a Luciana, isso são paragens cerebrais que tu tens.
Eu por acaso até já tinha reparado, mas não quis dizer nada...

Ele há horas assim... said...

Furas, eu compreendo que isto seja muito complicado para ti...
eu compreendo...!!
lol

Miguel F. Carvalho said...

paragem cerebral? parece-me lógico!!!

destino traçado? parece-me um bocado limitativo... quando te voltar a ver lembra-me de te dar duas chapadas... é o destino... lol